LIXO ELETRÔNICO NO BRASIL E NO MUNDO

 
LIXO ELETRÔNICO NO BRASIL E NO MUNDO

Segundo a ONU, o Brasil é o país emergente que gera maior quantidade de lixo eletrônico per capita a cada ano. É também o país emergente que mais toneladas de geladeiras abandona a cada ano por pessoa e um dos líderes em descartar celulares, TVs e impressoras. 
O estudo foi realizado pelo Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma), diante da constatação de que o crescimento dos países emergentes de fato gerou maior consumo doméstico, com uma classe média cada vez mais forte e estabilidade econômica para garantir empréstimos para a compra de eletroeletrônicos. Mas, junto com isso, veio a geração sem precedente de lixo. 
A estimativa é de que, no mundo, 40 milhões de toneladas de lixo eletrônico são geradas por ano. Grande parte certamente ocorre nos países ricos. Só a Europa seria responsável por um quarto desse lixo. Mas o que a ONU alerta agora é para a explosão do fenômeno nos emergentes e a falta de capacidade para lidar com esse material, muitas vezes perigoso.
Por ano, o Brasil abandona 96,8 mil toneladas métricas de PCs. O volume só é inferior ao da China, com 300 mil toneladas.
 
LIXO ELETRÔNICO GERADO EM 2005/2006 EM TONELADAS/ANO. FONTE: PNUMA.

Mas, em relação a taxa per capita, o Brasil é o líder. Por ano, cada brasileiro descarta o equivalente a meio quilo desse lixo eletrônico. Na China, com uma população bem maior, a taxa per capita é de 0,23 quilo,contra 0,1 quilo na Índia. 
 
 
LIXO ELETRÔNICO GERADO A PATIR DE PCs DESCARTADOS EM kg PER CAPITA. FONTE: PNUMA
Diante destas constatações, a ONU pediu que países comecem a adotar estratégias para lidar com esse crescimento do lixo. O alerta é sobretudo para o impacto ambiental e de saúde que as montanhas de resíduos tóxicos poderiam gerar. Hoje, parte importante desse lixo se acumula sem qualquer controle. A China é o segundo maior produtor de lixo eletrônico do mundo (2,3 milhões de toneladas ao ano) atrás apenas dos Estados Unidos.
        
Na Inglaterra foi criado um homem feito de sucatas de lixo eletrônico, baseado no que um cidadão (inglês) consome durante sua vida.
                         


Países lixão?
Por incrível que pareça existem países que estão virando “depósito de lixo” tecnológico dos países ricos, como é o caso de Gana. Este lixo, cuja existência foi denunciada pelo Greenpeace, é composto por celulares, aparelhos de TV, computadores e etc. O greenpeace também já havia identificado depósitos do mesmo tipo na China, Índia e Nigéria. Além da contaminação do solo e prejuízos a agricultura e a lençóis subterrâneos de água, este lixo eletrônico também afeta crianças e adultos que trabalham nos lixões em busca de materiais que possa ser vendidos.
Uma situação absurda, principalmente se considerarmos que, segundo o greepeace, este lixo vem de países desenvolvidos como Alemanha, Suíça e Holanda, dente outros.



lixo eletrônico

Loading...